quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Apenas dói.

Estou triste.
Muito mais que um eu-lírico...
Essa tarde não tem personagem.
Não tem histórias,
Não tem nada de fantástico.
Apenas um cara.
Por trás desse monitor e teclado.
Estou afim de não escrever mais e deixar passar essa dor.
A verdade é que eu não sei de onde ela vem,
Nem quando chegou aqui.
Sei que me dá vontade de dizer não a tudo.
E eu não tenho noção de como fazer pra sair disso.
Uma vontade de chorar me faz querer parar agora,
Uma angústia que não passa
Talvez eu volte.
Mas eu não sei quando
E talvez seja a hora de me despedir.

2 comentários:

Jeniffer disse...

não se vá!
adorei o poema Dan, mt bom teu blog, tô seguindo!
beijos!

John Rômulo disse...

A tristeza é sentimento digno,lógico que não,mas é mais honesto que a alegria/felicidade.
Não!Não pare de escrever! A escrita que nos salva a alma!
O melhor a fazer é curtir sua fossa,mas sem se acomodar!
O perigoso da tristeza é nos acostumamos com ela...

Escritor! quero le-lo mais!