domingo, 2 de março de 2008

Encontros e Despedidas


Eu estava na rodoviária hoje à tarde e me veio a inspiração de escrever algo sobre essas coisas de encontros e despedidas. Lembrei que alguém já tinha escrito um poema sobre isso.

"O trem que chega é o mesmo trem da partida...a hora do encontro é também despedida!"

Tinha um casal e uma garota que parecia filha do casal. O homem estava de partida. Elas abarçaram-no, beijaram-no e quando enfim ele estava se encaminhando à plataforma de embarque, pude observar uma lágrima tímida no olho da garota...

E eu fiquei pensando na efemeridade das coisas e nos encontros e despedidas da vida da gente, de quantos "Adeus!" e "Olá" a gente dá para as pessoas da nossa vida. Fiquei imaginado em todos aqueles que passaram na minha vida e que deixaram sua marca, por menor que seja... Senti saudades daqueles que amei e não foi o bastante e daqueles que eu não amei tanto quanto gostaria.

Quis abraçar velhos amigos e ficar abraçados, feliz por simplesmente sentir o calor dos meus amigos.

Uma pena que o passado num tem retorno, mas graças a Deus a nossa chance de corrigir nossos erros é infinita.

Aos nossos amigos que estão longe: "mande notícias do mundo de lá"; aos outros que estão perto, "me dê um abraço, venha me apertar"...

Aos nossos grandes momentos de felicidade e sinceridade e amor...

"O trem que chega é o mesmo trem da partida"

2 comentários:

Sindlink disse...

Mister X!!
Tá ligado no desafio né? Vc tambémfaz parte!
É assim ó: temos que dar um tema e um prazo pro outro escrever.
E o seu é: As dez melhores músicas de todos os tempos. Dez viu? Nenhuma a mais, nenhuma a menos!
Vc tem ate sexta-feira pra entregar viu?
Tô esperando o meu!!! E manda um pra Ianna. XEROOOOOOOOOOO

[Galuíza] disse...

Sexta feira é amanhã viu seu Mister X?
Rai ai...
Só quero ver kd meu post!